Lago di Como: uma joia no norte da Itália

Martina Carvalho - 13/11/2016
Lago Di Como

As promoções das companhias aéreas low cost são um verdadeiro estímulo para visitar novos destinos. Como ainda temos muito a conhecer pela Europa, muitas vezes deixamos que os melhores descontos decidam as nossas próximas aventuras e a viagem pela Itália surgiu mais ou menos assim. Algumas semanas atrás nós recebemos uma notificação que a Ryanair estava com voos promocionais, procuramos os mais baratos em finais de semana e antes de ler qualquer coisa sobre Bergamo nos deixamos levar (tá certo que estávamos tentando visitar um grande amigo que morou na região, nos contou que era muito bacana e imaginamos que ele estaria por lá).

Com as passagens compradas começamos a construir nossa rota e como seria nossa próxima lua de mel (sim, desde que “casamos” todas as viagens são lua de mel). Entre algumas leituras e dicas de amigos, ficamos sabendo que a região do Lago di Como era uma joia do norte da Itália. Ficamos animados de cara, pois adoramos a experiência que tivemos em 2015 no Lake Tahoe, entre Califórnia e Nevada, e há algum tempo queríamos reviver uma road trip nesse estilo.

Parece que tudo contribuiu com os nossos planos: além das passagens super baratas, encontramos uma excelente promoção no Rental Cars e alugamos um carro por menos de 15€ ao dia (na locadora ainda ganhamos um upgrade, pois não tinha nenhum carro da nossa categoria – imaginem o sorriso do Didi). Para completar nossa aventura low cost, reservamos os dois quartos mais baratos do Airbnb na região (porque para dormir não precisamos de nenhum luxo além da cama, um banho quente e aquecimento).

Nossa rota

Na sexta-feira chegamos perto da meia noite em Bergamo e fomos direto para casa. No outro dia rumamos cedinho à região do Lago di Como e iniciamos a volta pela cidade mais a sudeste do lago, chamada Lecco. A viagem entre Bergamo e Lecco foi bem rápida (um pouco menos de 60 km), mas já na estrada começamos a nos identificar com o local. Passamos por várias cidadezinhas parecidas com a parte colonizada por italianos no Brasil como, por exemplo, a região de Bento Gonçalves.

Se por um lado tivemos sorte com nossas compras, por outro São Pedro não contribuiu muito com o tempo e a previsão de chuva se confirmou. Entretanto, não desanimamos, uma viagem pela Itália não poderia ser ruim: era a possibilidade de experimentar a mundialmente famosa gastronomia italiana, conhecer outros aspectos culturais e, claro, apreciar as paisagens que encontraríamos ali (até agora eu acho que a animação do Di foi motivada pela possibilidade de dirigir dois dias inteiros, o que ele às vezes sente falta por aqui).

O Lago di Como fica na Lombardia, na região dos Alpes italianos que fazem fronteira com a Suíça. É um dos maiores lagos da Itália e é um local de férias dos milaneses, que disputam suas enseadas, hotéis e restaurantes no verão.  Possui um formato de um “Y” de cabeça para baixo (com comprimento máximo de 46 km e largura de aproximadamente 600m) e tem estrada por toda sua costa. É possível fazer a volta completa em um dia, mas preferimos ir com mais calma para assim conhecer alguns vilarejos.

Mal chegamos à região e já ficamos hipnotizados com sua beleza. Apesar da neblina, as cores do outono nas montanhas formavam uma daquelas imagens de cartão-postal! Na região há mais de uma dúzia de cidadezinhas charmosas, que fazem do local um destino luxuoso. Nesses povoados estão mansões e hotéis lindos, igrejas, construções centenárias e castelos medievais, além de casinhas super coloridas que completam a experiência visual.

Há muitas possibilidades de turismo por ali (passeios de barco, funiculares) e de aventuras ao ar livre (trilhas, esportes aquáticos), mas em virtude da chuva, optamos pela tranquilidade do nosso carro e fizemos uma rota mais light, não no sentido gastronômico, é claro!

A culinária italiana sempre foi a minha favorita, tanto que massa e polenta sempre estão no cardápio de quem quer me agradar. Nesta viagem tivemos a oportunidade de desfrutar muito neste sentido: comi a melhor polenta da minha vida, muita massa e uma pizza deliciosa (destas gigantescas servidas como uma porção individual). Além disso, tomamos o verdadeiro expresso italiano, um cappuccino e comemos chocolate Suíço, na rápida visita que fizemos a Lugano. Só não tivemos tempo (na verdade espaço no estômago) para provar um Gellatto, mas esta é uma ótima desculpa para visitar a Itália novamente.

Das cidades que paramos, a que mais me encantou foi Bellaggio, que fica situada na bifurcação inferior do lago. Lá é possível se apaixonar pelas ruelas pitorescas, lojinhas e restaurantes tipicamente italianos, jardins abertos e pela visão privilegiada do lago (como fica na bifurcação, é possível ver a diferença das duas costas). Lugano, na Suíça, também é uma cidade muito legal, mas para ficarmos mais tempo por ali não podemos ter o propósito low cost: tudo é realmente muito mais caro na Suíça.

Além disso, há outros lugares na região que sugiro a visita: Varenna, que parece uma maquete construída na costa leste; Menaggio, que tem uma das vistas mais bonitas para as montanhas e é o ponto de partida para Suiça; Tremezzo, uma Villa Carlotta Neoclássica que foi eleita uma das “Aldeias mais bonitas da Itália” e Carete Urio, um povoado minúsculo que ganhou nosso coração depois que dormimos ali!

E para fechar o roteiro, não façam como a gente fez, acrescentem pelo menos um turno para conhecer Bergamo. Antes de irmos para o aeroporto, tivemos a oportunidade de visitar uma parte histórica da cidade e ficamos alucinados com a quantidade de prédios históricos lindos da cidade. Enfim, o final de semana foi super romântico, os italianos foram mega receptivos e amáveis e saímos de lá com a certeza que queremos voltar muitas vezes!!

Algumas fotos desta viagem:

1-lago-di-como-completo 2-didi-no-carro 3-outono 4-suica 5-bifurcacao 6-suica 7-estrada 8-carate-urio 10-belaggio 12-lugano 13-centro-lugano 14-bergamo-a-carate-urio 15-estrada2 16-esportes-aquaticos 17-varenna 18-bergamo 19-bergamo 20-bergamo-didi-e-fede 22-cafe 23-massa 24-pizza pizza 25-polenta 25-chocolate